E-Book Grátis: Aprender a Aprender - O Guia Completo

Você já ouviu falar em leitura dinâmica?

Em plena era da informação, atividades como leitura, pesquisa e estudo são determinantes para o sucesso de qualquer indivíduo.

Antigamente, um operador de máquinas agrícolas aprendia a dirigir um trator com os trabalhadores da própria fazenda.

Hoje os jovens passam meses – ou mesmo anos – em escolas técnicas para desempenharem essa mesma tarefa.

Para muitas pessoas ler, estudar e aprender são atividades desafiadoras.

Envolvem muitos sacrifícios como acordar cedo, descansar pouco e renunciar à vida social.

Como se não bastasse, a maioria ainda afirma que consegue se lembrar de muito pouco do que foi lido – o que gera muita frustração.

Neste artigo, vou te mostrar que não precisa ser necessariamente assim.

Como em qualquer outra atividade, existem técnicas extremamente efetivas para ler e aprender mais rápido.

Mas, será que isso é mesmo possível?

A leitura dinâmica é um conjunto de técnicas e exercícios que auxilia seus praticantes a ler e aprender até três vezes mais rápido.

Dividi esse artigo em 7 perguntas/tópicos básicos que serão abordados no decorrer da leitura:

  1. O que é leitura dinâmica?
  2. Qual é a sua origem?
  3. Onde os problemas começam?
  4. O que você é capaz de fazer com ela?
  5. O que é subvocalização?
  6. Quais exercícios simples para treinar a leitura dinâmica em casa?
  7. Quais os 3 benefícios reais da Leitura Dinâmica?

Como o artigo ficou bem extenso, a divisão por tópicos vai te ajudar a organizar melhor a sua leitura.

Este conteúdo é fruto de meu estudo dos cursos e treinamentos realizados pelo Professor Renato Alves, a quem estimo muito.

Ah! Quem ler este artigo até o final ganhará um super presente (suspense).

Vamos lá?

Leitura Dinâmica

1. O que é Leitura Dinâmica?

leitura dinâmica

Você sabe o que realmente significa Leitura Dinâmica?

Num primeiro momento, a simplicidade do termo pode até soar familiar.

Então, o leitor desavisado pode imaginar um possível significado óbvio para o termo: ler mais rápido e de maneira mais dinâmica.

Contudo, o conceito de leitura dinâmica é bem mais complexo que isso.

Quando aplicadas, as técnicas de leitura dinâmica permitem ao leitor não somente aumentar sua velocidade de leitura, mas principalmente aprender o conteúdo de forma mais efetiva.

O segredo da leitura dinâmica é desenvolver no leitor suas capacidades de compreensão, assimilação e memorização durante o estudo.

Por isso, o treinamento consiste em exercícios para ler e absorver conteúdos com mais qualidade.

Você gosta de ler?

A leitura é considerada por muitos uma atividade chata, entediante e enfadonha.

E isso acontece, em grande parte, porque em nenhum momento de nossa educação formal nos são ensinadas técnicas consistentes de leitura.

Pelo contrário: no decorrer de nossa formação escolar, adquirimos vícios de leitura que prejudicam nosso aprendizado.

Sem resultados reais de aprendizado, a leitura vai se tornando cada vez menos agradável, e deixada de lado como algo inútil.

Não é de se admirar que, com o passar do tempo, esses vícios influenciem de maneira negativa o interesse social pela leitura, aprendizado e educação.

Leia também:

Profissão Estudante: 7 Evidências de que Você está Estudando Errado

2. Qual a origem da Leitura Dinâmica?

leitura dinâmica

Mas, quem garante que essas técnicas são reais?

Afinal, como elas foram descobertas?

Durante vôos de combate da força aérea norte-americana, alguns técnicos táticos notaram que os pilotos tinham dificuldades em distinguir os aviões aliados e inimigos.

Obviamente, isso era um problema que poderia colocar os pilotos em grande desvantagem.

Por isso, começaram a investigar as possíveis causas, motivos e soluções para esta situação.

Após muita pesquisa, desenvolveram um aparelho chamado taquitoscópio.

Sua função era projetar diversas imagens em uma tela, com um intervalo de tempo de projeção muito bem definido.

Desta forma, seriam projetadas fotos de aeronaves aliadas e inimigas para testar e treinar o reconhecimento dessas aeronaves pelos pilotos.

No início, o intervalo de tempo para que ocorresse o reconhecimento era enorme.

Com o passar do tempo, os pesquisadores perceberam que os pilotos poderiam treinar sua habilidade de reconhecimento de aeronaves, fazendo isso cada vez mais rápido.

Assim, o tempo de reconhecimento foi sendo reduzido gradativamente.

Então, o mesmo aparelho foi testado num novo experimento.

Desta vez, porém, ao invés de fotos de aeronaves, seriam utilizadas palavras.

Como era de se esperar, foi descoberto que a habilidade de reconhecimento de palavras também poderia ser treinada.

Mais que isso, os pesquisadores chegaram a uma conclusão incrível.

Os testes e estudos evidenciaram que o ser humano é capaz de identificar até 4 palavras dentro de um intervalo incrível de 0,15 segundo.

Mas, o que isso significa na prática?

Para se ter uma ideia, leitores regulares são capazes de ler entre 70 e 150 palavras por minuto.

Daquilo que foi lido, o percentual de aproveitamento e compreensão gira em torno de 80% do conteúdo.

No mesmo intervalo de tempo, quem pratica a leitura dinâmica consegue ler de 300 a 900 palavras.

Mas o que faz com que nossa leitura aconteça naturalmente de maneira tão devagar?

3. Onde os problemas começam?

leitura dinâmica

Antes de explicar porque acontecem os vícios e problemas de leitura, quero abordar com você como acontece o processo de leitura.

Como acontece o processo da leitura?

A primeira etapa da leitura é conhecida como fixação.

A fixação demora cerca de 0,25 segundo, e acontece quando nossos olhos percebem uma nova palavra ou um conjunto delas.

Em seguida, nossos olhos são direcionados para a próxima palavra/grupo num processo automático.

Após repetir tudo isso por 2 ou 3 vezes, nossos olhos fazem uma pausa, para que o cérebro possa entender e interpretar o sentido do que foi lido.

Isso demora entre 0,3 a 0,5 segundo, em média.

Como aprendemos a ler?

Você se lembra da época da escola quando, no período de alfabetização, os professores dividiam as palavras em sílabas, com o objetivo de facilitar a aprendizagem da leitura?

Banana = ba-na-na;

Tomate = to-ma-te;

Jacaré = ja-ca-ré.

A fragmentação, como você pode perceber, é um método necessário para entendermos como são construídas as palavras.

No começo as crianças liam as palavras em voz alta, soletrando sílaba por sílaba num movimento conhecido como vocalização.

Depois de muito treino, as crianças ganham fluência.

E cumprem uma das metas mais importantes da alfabetização: despertar o gosto pela leitura, o interesse permanente pelos livros, e pelo aprendizado.

A lógica é elementar: quanto mais lemos, mais fluentes ficamos. E mais velocidade podemos adicionar à leitura.

O problema é que muitas pessoas mantém, mesmo depois de adultas, os mesmos padrões de leitura da alfabetização.

E este é, de fato, um grande obstáculo à leitura rápida e, consequentemente, para a compreensão das ideias.

Avalie sua própria leitura.

A seguir, descrevi um teste rápido que você mesmo pode fazer em sua casa, para avaliar suas capacidades de leitura.

1º Passo.

Tenha em mãos um livro de fácil leitura, de algum assunto que seja do seu  interesse, e que não tenha muitas palavras desconhecidas.

Importante: o livro precisa ser impresso. Livros digitais tem particularidades próprias, e precisam de treinamento específico para uma boa leitura.

2º Passo.

Escolha um parágrafo aleatório, e conte quantas palavras existem nas 5 primeiras linhas.

Divida esse número por 5.

O resultado obtido significa a quantidade média de palavras que existe por linha.

Exemplo: 65 palavras / 5 linhas = 13 palavras por linha.

3º Passo

Conte a quantidade de linhas nas 5 próximas páginas do livro.

Divida o resultado também pelo número 5.

O total obtido significa a quantidade média de linhas por página.

Multiplique esse resultado pelo número de palavras por linha que foi identificado no passo anterior.

Assim, você tem o número médio de palavras por página.

4º Passo

Tenha em mãos um cronômetro, ou use o temporizador de seu smartphone.

Programe-o para disparar um alarme após 60 segundos.

Comece a leitura, e siga até que o alarme dispare.

5º Passo:

Multiplique o número de linhas que você conseguiu ler pelo número médio de palavras por linha (2º passo).

O resultado final será a sua taxa de leitura de palavras por minuto, também conhecida pela sigla ppm.

Avaliando os resultados:

70 a 90 ppm: sua leitura foi insuficiente, porém saiba que há diversas possibilidades de melhorar.

90 a 180 ppm: você é um leitor médio. Sua tendência é pronunciar as palavras em voz alta dentro de sua mente.

Acima de 600ppm: parabéns! Você é um leitor dinâmico.

Agora tente recordar trechos do texto para saber como está a sua compreensão.

Afinal de contas, não adianta nada ler um texto rapidamente se você não entender nem memorizar nada do que foi lido.

Dica: 

Comece hoje o Curso Online de Leitura Dinâmica FastRead.

4. O que você é capaz de fazer com a Leitura Dinâmica?

leitura dinâmica

Estudiosos concordam que, após o fim da Segunda Guerra Mundial, a humanidade entrou na era da informação.

E isso é sentido literalmente em nosso dia-a-dia.

Livros, jornais, revistas, relatórios, mensagens no smartphone, e-mails na caixa de entrada, relatórios, portais de notícias, redes sociais…

A chegada de novas informações é constante!

Como absorver tanto conteúdo sem que isso afete o tempo que temos disponível ao longo de um único dia?

Se você avaliar as tarefas que precisa realizar ao longo do dia, provavelmente vai perceber que a maioria delas seria muito mais produtiva se fosse possível ler mais rápido.

E é por isso que a leitura dinâmica desperta a curiosidade de tanta gente!

Num primeiro momento, suas técnicas são indicadas para quem estuda para provas de alto desempenho, como concursos públicos ou vestibulares.

Mas, com sinceridade: quem não gostaria de cultivar a habilidade de ler mais rápido e entender melhor as matérias estudadas?

Ao potencializar a capacidade de compreensão, o ganho de conhecimento e o gosto pela leitura tendem a aumentar.

Por isso, a leitura dinâmica também é indicada para atividades cotidianas, seja no trabalho ou no o lazer.

Mais Foco e Concentração durante a Leitura

Já percebeu que é muito mais difícil manter o foco e a concentração ao realizar uma tarefa de maneira mais lenta do que realmente temos capacidade?

Quando o cérebro realiza uma tarefa de forma mais lenta, sobra capacidade ociosa para ele processar outras informações ao mesmo tempo.

Essas pequenas lacunas de atenção nos fazem esquecer as informações que acabamos de ler.

E é assim que perdemos o foco, a concentração e, porfim, a produtividade.

Assim, ao ler um texto mais devagar do que poderia, você acaba afetando também a capacidade de compreensão da mensagem contida nele.

A leitura dinâmica estimula a nossa capacidade de concentração.

Perceba que, ao ler devagar, perdemos duas vezes.

Primeiro porque o tempo gasto lendo a matéria poderia ter sido menor.

Mas, principalmente, porque a qualidade dessa leitura acaba sendo prejudicada.

Lembre-se: à longo prazo, você economiza cerca de 80% do seu tempo por realizar suas tarefas e atividades com foco e concentração.

As técnicas e exercícios aprendidos com a leitura dinâmica fazem com que o cérebro aumente o foco, reduza o tempo gasto na leitura e, simultaneamente, potencialize a retenção das informações aprendidas.

Leia também:

10 Estratégias Rápidas e Consistentes para Manter a Concentração Durante o Estudo

5. O que é Subvocalização?

leitura dinâmica

Aprendemos um pouco mais cedo que, durante o aprendizado infantil, somos ensinados a dividir as palavras para facilitar seu entendimento.

Este padrão de leitura, chamado, leitura silábica, é incentivado pelos professores durante a alfabetização.

E ajudou a formar o que hoje conhecemos como leitores tar-ta-ru-gas.

Dentre os maus hábitos de leitura, existe algo que incomoda muito mais do que ler em voz alta ou ler devagar.

Nada pode ser pior para o bom leitor do que aquela voz dentro da cabeça, que repete absolutamente tudo o que está escrito no texto.

O nome desta voz misteriosa é subvocalização.

Mas, como a subvocalização acontece?

Existem no cérebro áreas específicas responsáveis pela linguagem.

Essas áreas atuam em conjunto, e envolvem os sistemas sensorial e motor.

Sentidos como a visão, audição e o controle motor dos músculos esqueléticos são exigidos durante o processo de leitura.

Além disso, para que a leitura faça sentido, é necessário também ter uma memória bem treinada – para não acabar se esquecendo do que foi lido anteriormente.

Assim, para ler e reconhecer uma palavra, passamos pelo processo que atribui a ela sentido, significado e o som característico de sua composição fonética.

Ao aprender uma palavra desconhecida, a subvocalização fica ainda mais evidente.

Isso acontece porque, sem entender seu sentido, retomamos o processo que aprendemos durante a alfabetização, e fazemos sua leitura fonética, sílaba por sílaba.

Repetimos seu som em nossa cabeça para fixá-lo em nossa memória, em conjunto com seu significado.

Essa situação também se repete em candidatos de provas concorridas.

Os altos níveis de ansiedade diminuem o foco e a concentração, prejudicando a recuperação de informações da memória.

É como se o candidato tivesse dificuldade em relembrar palavras e conceitos já aprendidos anteriormente.

Nessas horas de grande ansiedade, é muito normal que toda leitura seja subvocalizada.

Para lidar com esse problema, você pode fazer exercícios específicos para o relaxamento da língua, por exemplo.

Apesar do silêncio, se sua língua continuar tensa, você continuará a utilizando durante a leitura, trazendo aquela indesejada voz de volta à sua cabeça.

Compartilhe este Artigo com Seus Amigos no Facebook!

6. Quais exercícios são práticos para treinar sua leitura em casa?

Neste tópico, vou abordar brevemente com você 3 exercícios práticos  para você começar a fazer em casa ainda hoje.

1. Para relaxar a língua.

Circule a cabeça para a direita e para a esquerda, mantenha sua boca levemente aberta e a língua relaxada.

Repita os movimentos com a cabeça para os lados, para cima e para baixo.

Faça caretas procurando utilizar todos os músculos do rosto e continue a manter sua língua relaxada.

Articule A-E-I-O-U, forçando o diafragma e analisando as expressões.

2. Treine seus olhos

Durante a leitura, seus olhos fixam em um ponto da linha e, em seguida, saltam para o próximo.

Quanto maior é esse salto, mais rápida é sua leitura.

Como vimos mais cedo, leitores iniciantes, como as crianças, saltam sílaba por sílaba.

Com o tempo, progredimos, e passamos a ler uma palavra de cada vez.

Sendo assim, o primeiro passo da leitura dinâmica é treinar o movimento dos olhos, para que ele seja mais amplo.

3. Siga em frente.

Você não precisa retornar ao começo da página toda vez que não entender uma linha.

Aliás, é possível entender perfeitamente a ideia geral de um texto, mesmo que alguns trechos fiquem um pouco confusos.

Afinal, a releitura pode tomar muito tempo — e é justamente o que estamos tentando evitar.

Ao final da leitura, retome somente as partes em que restaram dúvidas.

Compartilhe este artigo com seus amigos no Twitter!

7. Os 3 Benefícios da Leitura Dinâmica.

Se você leu todos os tópicos deste artigo, deve ter percebido que aprender leitura dinâmica será um grande diferencial para a sua vida.

Na escola fomos alfabetizados, mas não aprendemos a ler de verdade.

Veja algumas vantagens que você tem quando consegue ler até 3x mais rápido:

+ Estudos

Aproximadamente 90% do conteúdo que os alunos precisam aprender não é dado em sala de aula.

Para realmente aprender, os alunos dependem de muita leitura e estudos complementares.

Ao aumentar a velocidade da leitura, estudantes conseguem absorver 3 vezes mais informações gastando menos tempo e elevando a qualidade dos estudos.

+ Livros

Você compra livros para ler ou para enfeitar estantes?

Com o treinamento em Leitura Dinâmica você colocará a leitura em dia e aproveitará o investimento que você faz em livros, jornais, revistas e literatura em geral.

Tudo isso sem perder o prazer de uma boa leitura.

+ Qualificação Profissional

No mundo dos negócios, o conhecimento já se mostrou ser o diferencial dos profissionais de sucesso.

Ao ler mais rápido você se mantém atualizado com as novidades de sua área de atuação.

Quanto mais conhecimento você adquire, mais rapidez e assertividade você terá em suas decisões.

Um Presente Para Você

O professor Renato Alves trouxe um presente especial para os leitores do blog Sociologia Líquida: o e-book “15 Ideias para Você Ler Mais e Melhor”.

Seu E-book está disponível grátis e por tempo limitado para download no link abaixo.

Baixe Agora: 15 Ideias para Você Ler Mais e Melhor.

Este livro vai responder as seguintes perguntas:

•  Por que as pessoas mais prósperas são as que lêem mais?

• Como despertar a motivação e o interesse pela leitura?

• Como superar suas metas acadêmicas e profissionais em 2018?

• Como tornar sua leitura mais eficiente?

Baixe Agora: 15 Ideias para Você Ler Mais e Melhor.

leitura dinâmica
Professor Renato Alves durante palestra.

Além disso, estou sempre trabalhando para trazer novos conteúdos para você, que quer saber mais sobre técnicas de estudo e aprendizado.

Por isso, continue acompanhando os conteúdos deste blog.